Tavola disegno 1 copia

Roma, 7 de fevereiro: AlmavivA participa da “Blockchain para os negócios e a inovação”

Roma, 7 de fevereiro: AlmavivA participa da “Blockchain para os negócios e a inovação”

31-01-2019

A evolução das ferramentas digitais, a inovação da profissão jurídica

Analisar o potencial de novas ferramentas digitais na profissão de advogado, investigando as perspectivas jurídicas e as implicações da aplicação da tecnologia blockchain no setor privado e público. São os objetivos do evento “Blockchain para os negócios e a inovação - cenários, propostas e estratégias entre público e privado”, que acontecerá na próxima quinta-feira, 7 de fevereiro, na sala de conferências do BLB Studio Legale, a partir das 17:00.

Giuseppe Bertone, Chefe da Distributed Ledger Technology (Blockchain) da AlmavivA, é um dos especialistas do setor jurídico, consultoria e negócios, que participarão da mesa redonda.

Os palestrantes analisarão as potenciais novidades trazidas pela aplicação de modelos descentralizados. Por exemplo, como a tecnologia blockchain permite a criação de contratos vinculativos fora do sistema jurídico tradicional; transformar o modelo de conservação de alguns registos públicos; permitir um novo sistema administrativo sem custos. Com uma legislação definida em nível nacional, que deixa em aberto vários aspectos jurídicos, em particular o valor das transações, a harmonização com a legislação sobre o tratamento de dados pessoais, a plena implementação das cláusulas preformuladas.

A AlmavivA está na linha da frente desses modelos descentralizados que caracterizam a Web 3.0, e estão produzindo profundas mudanças não apenas no setor de TI, mas também na realidade em que vivemos, levantando novas questões sobre ética, transparência, confiança, privacidade. Tudo isso propondo um modelo colaborativo onde blockchains heterogéneas - públicas e privadas - interagem para criar soluções capazes de criar valor.

A participação no evento é gratuita: inscreva-se já, envie um e-mail para: eventi (at) blblex.it

Saiba mais, leia no CorCom: “Il futuro è un modello collaborativo aperto tra Blockchain eterogenee: l'esperienza AlmavivA” (O futuro é um modelo colaborativo aberto entre Blockchains heterogêneas: a experiência da AlmavivA).