Tavola disegno 1 copia

A AlmavivA lidera a segunda fase dos Ensaios Piloto para o projeto de pesquisa europeu FORENSOR

A AlmavivA lidera a segunda fase dos Ensaios Piloto para o projeto de pesquisa europeu FORENSOR

17-12-2018

Nos dias 3 e 4 de dezembro, a AlmavivA será a protagonista, junto com a Prefeitura de Chiusi, Itália, e a delegacia de Polícia Municipal

Nos dias 3 e 4 de dezembro, começou a segunda fase dos Ensaios Piloto do projeto europeu FORENSOR, call security do programa Horizonte 2020, que contou com a participação da AlmavivA, da Prefeitura de Chiusi e da delegacia de Polícia Municipal. Durante o ensaio, foi implementada a rede de câmaras de vídeo FORENSOR (VSN), cujo elemento de inovação principal é o novo sensor ótico – na última versão final – de extremamente baixo consumo e de baixo custo, Wi-Fi, com inteligência de bordo, com valor forense capaz de identificar automaticamente eventos criminosos específicos e de criar alertas, criando ao mesmo tempo provas em vídeo, para enviar para um nó gateway, que comunica via Internet com a unidade de controle, à qual encaminha todas as provas recolhidas.

Foi muito importante a contribuição da AlmavivA, que desenhou e realizou o sistema software central e o protocolo de comunicação com os gateways, que permitirá o uso dessa nova tecnologia, definindo as atividades de investigação, configurando a rede remota de sensores, recebendo os alertas e armazenando as provas recolhidas, imagens e vídeos, para que as forças de polícia possam ter acesso.

Durante os ensaios em Chiusi, foi realizado um monitoramento de uma casa particular, com uma rede de sensores criada para identificar possíveis tentativas de acesso não autorizado, a pé ou com veículos, com uma simulação realizada graças à parceria do projeto. Foram recolhidas mais de 120 provas em vídeo: tentativas de abertura, de ultrapassar portões, de entrada pelas janelas. Os resultados estão sendo agora avaliados pelos pesquisadores do projeto, para testar o desempenho da nova plataforma de combate ao crime. Outras campanhas de ensaios estão previstas em janeiro e fevereiro, de Valencia a Lisboa, de Cabo Verde à Grécia. Em Chiusi, Itália, será organizado outro ensaio de campo no final de janeiro, para monitorar uma rua rural e identificar outros comportamentos criminosos.

Saiba mais, visite o site do projeto FORENSOR