Tavola disegno 1 copia

Saúde digital

Saúde digital

Repensando o ecossistema da saúde por meio de um modelo centrado nas Pessoas

Da Telemedicina à Saúde Conectada, o conceito de saúde digital está em constante evolução, segundo uma visão holística baseada na centralidade da pessoa.

As tecnologias digitais desempenham um papel fundamental na transformação dos processos de cuidado e saúde, desde os aspectos clínicos e diagnósticos até os organizacionais e logísticos, garantindo flexibilidade ao sistema e liberando recursos.

Big Data e aprendizado de máquina

Hoje, os sistemas de Inteligência Artificial atingiram um nível de maturidade tecnológica que permite a sua aplicação no mundo da saúde, sempre levando em consideração as implicações legais, de privacidade e éticas decorrentes dessa utilização.

Transformar os sistemas de saúde em um caminho entre a automação, a integração e a conformidade regulatória é o compromisso da AlmavivA, que acompanha o crescimento digital nos principais setores do país.

A experiência do hospital Vimercate aprimorou o uso de algoritmos preditivos em vários ramos médicos: graças à implementação de uma arquitetura estruturada de Inteligência Artificial e Big Data Analytics, alimentada pelos ativos de informação de saúde das empresas de saúde, a AlmavivA vem desenvolvendo, com uma abordagem multidisciplinar, um conjunto de soluções preditivas para apoiar o pessoal médico e hospitalar na gestão dos processos sóciossanitários.

Case Study

A Inteligência Artificial a serviço da Saúde

A AlmavivA e a empresa hospitalar Asst Vimercate estão experimentando o uso de inteligência artificial para acompanhar a vida dos pacientes. O objetivo é prever a evolução de doenças crônicas e o risco de infecções, graças a algoritmos.

Saiba mais

AlmavivA: uma empresa de cuidados digitais entre os cidadãos e a governança da saúde

Criamos soluções tecnológicas para Entidades de programação, ASL/AUSL/ATS, Hospitais, Regiões para a transformação digital e automação de processos complexos: plataformas de integração em contextos de HealthCare Enterprise, desenvolvimento de modelos de IA e Aprendizado de Máquina utilizáveis por sistemas de diagnóstico e prognóstico em múltiplas vias de atendimento, aplicativos e portais para equipes médicas e municipais.

Com referência a este último, mesmo na necessidade pós-pandêmica de limitar o acesso dos pacientes aos hospitais, criamos soluções que reestruturam o acolhimento do cidadão na via hospitalar e administrativa.

A AlmavivA propõe uma oferta completa no setor da saúde, à qual se associa atualmente a relativa ao trabalho inteligente para a segurança dos locais de trabalho e ao respeito pelo distanciamento social.

Na visão da AlmavivA, o modelo de saúde pública deve colocar o cidadão definitivamente no centro do cenário e partir das suas necessidades de interação com o Sistema Único de Saúde em quatro dimensões, dentro de uma perspectiva em que o paciente passa a fazer parte do tratamento.

prevenção e estilos de vida

acesso aos sistemas locais de atendimento

uso de cuidados em centros especializados

acompanhamento de saúde domiciliar

Altro

“Paciente zero”

A AlmavivA trabalha para evoluir do modelo centrado no hospital para o modelo centrado no paciente, com foco na prevenção, cuidado proativo e melhor gestão das condições crônicas, tanto as oncológicas quanto às relacionadas à idade.

“Paciente zero” é o objetivo ideal neste processo de redução de internações. Tanto para evitar o agravamento das doenças crônicas, já que atualmente falamos de 24 milhões de pessoas na Itália, 85% das quais com mais de 75 anos, quanto para aprimorar o conhecimento sobre os mecanismos e fatores de risco que levam ao desenvolvimento dessas doenças, garantindo à população, na medida do possível, um envelhecimento saudável.

Tecnologia Blockchain para oferecer suporte a dados de saúde

A AlmavivA cria soluções de rastreabilidade e imutabilidade de dados desde 2017, graças ao uso da tecnologia de Blockchain.

No mundo da saúde, esta tecnologia encontra a sua aplicabilidade, por exemplo, em uma caderneta de saúde que permite a gestão dos dados do pacientes, como relatórios, análises, faturas, e para os serviços dos cuidadores dos sistemas de saúde público e privado que garantem a rastreabilidade e a autenticidade.

A definição de um novo modelo de arquitetura e interoperabilidade descentralizado, sem intermediação e abrangente para todo o ecossistema de saúde, permite enfrentar a sua complexidade da forma mais eficaz, onde a coexistência de múltiplas realidades cooperantes requer uma solução compartilhada, aberta e flexível para a colaboração de vários participantes.

Blockchain para a saúde

Uma nova resposta à necessidade de governar a mudança também no mundo da saúde

Entre em contato com o time de Saúde Digital