Tavola disegno 1 copia

A Inteligência Artificial a serviço da Saúde

A Inteligência Artificial a serviço da Saúde

Case Study

Tecnologias digitais e saúde 4.0

Serviços digitais para cidadãos e desmaterialização de documentos, cadernetas e arquivos eletrônicos, IoT Data Analytics, Telemedicina, Saúde conectada: são muitas as áreas de inovação digital no mundo da saúde.

Se é verdade que a tecnologia não é a solução mágica para resolver os problemas de uma máquina complexa e fragmentada como o sistema nacional de saúde, é certo que apresenta oportunidades , hoje totalmente novas, de fazer evoluir o sistema para uma gestão mais eficaz em todos os aspectos. Em particular, o imprescindível, que é a saúde dos cidadãos.

Quem, como a AlmavivA, foi protagonista no mundo da saúde na Itália desde as primeiras necessidades de informatização, sabe muito bem disso e hoje segue acompanhando o seu crescimento, aproveitando plenamente o potencial que a inovação digital oferece.

Uma mina de dados

Os pacientes são monitorados ao longo da sua jornada clínica e os "arquivos" do hospital contêm uma enorme quantidade de dados. Legíveis e interpretáveis, nunca foram como hoje. Se cruzadas com outras informações, de publicações científicas ou diretrizes, por exemplo, e corretamente analisadas, geram modelos preditivos avançados para apoiar as decisões do pessoal médico de saúde.

A entrada no campo clínico da Inteligência Artificial, Big Data e do Aprendizado de Máquina favorece avanços extraordinários na medicina de precisão e a consequente melhora no desempenho da saúde.

Hoje o caminho da medicina do futuro parece marcado: tornar o diagnóstico e o tratamento mais personalizados e, portanto, mais eficazes, graças aos novos conhecimentos extraídos da imensa quantidade de dados já disponíveis.

A cura pelo algoritmo: AlmavivA e Asst Vimercate

O projeto que a AlmavivA está desenvolvendo com a Autoridade Territorial de Saúde Social do Vimercate, um hospital que funciona de acordo com padrões de excelência em quatro locais: Carate Brianza, Giussano, Seregno, bem como Vimercate, a colaborar ativamente com todos os intervenientes do sistema sociossanitário de saúde lombardo.

O projeto conta com médicos e cientistas de dados trabalhando lado a lado para desenvolver algoritmos inteligentes que, quando questionados, tomam decisões médicas cada vez mais precisas.

O projeto iniciado no final de 2018 prevê o desenvolvimento de um sistema inovador de valorização progressiva e contínua dos ativos de informação da Autoridade Territorial de Saúde Social (ASST) da Vimercate. Ele visa a criação de ferramentas e soluções eficazes de apoio à decisão clínica para análises preditivas e prescritivas no domínio da gestão de processos sociossanitários.

O ponto de partida foi o desenvolvimento de modelos preditivos que visam auxiliar no manejo de algumas doenças crônicas que requerem um uso extenso e contínuo de recursos do Sistema Único de Saúde.

O projeto envolveu ativamente os departamentos de Diabetologia, Nefrologia e Clínica Médica e atualmente se estende ao serviço de Oncologia e à Farmácia Hospitalar.

Os modelos são baseados em várias fontes de informação como exames de sangue, exames físicos, comorbidades, internações, acesso ao pronto-socorro e farmacoterapia.

As primeiras atuações do sistema inteligente

No diagrama a seguir, apresentamos um breve resumo dos casos desenvolvidos e em desenvolvimento

Caso de uso Método Descrição
Diabético/Saudável CNN+MLP Um paciente é classificado como diabético ou saudável com base em valores de exames de sangue de rotina.
Espandi la tabella Chiudi la tabella

Cientistas de dados e profissionais de saúde comparam dados: precisão entre 88% e 96%

O processo de desenvolvimento ocorreu em perfeita sinergia com o corpo clínico e com os profissionais de sistemas de informação da empresa de saúde. Desta forma, foi possível identificar os problemas de interesse do clínico, desenvolver os modelos com consistência no que diz respeito ao domínio e implementar o software desenvolvido, dentro dos aplicativos hospitalares já em uso. Graças à estreita cooperação

Somente graças à combinação da competência tecnológica da Almaviva e da experiência clínica dos médicos especialistas foi possível obter resultados extremamente satisfatórios levando em conta uma precisão entre 88% e 96%.

A satisfação também foi alta por parte dos médicos que solicitaram a sua implementação no prontuário eletrônico já utilizado para apoiar as atividades diárias: esta e outras implementações se prestarão a novos acréscimos nos próximos meses.

A AlmavivA é líder na Itália em Medicina Baseada em Evidências + Aprendizado de Máquina

Ponto de referência para a pesquisa, desenvolvimento e produção de soluções de IA para apoiar as decisões do pessoal médico de saúde, a AlmavivA está desenvolvendo uma plataforma de análise para fazer previsões relacionadas a doenças crônicas, desde o risco de infecções pós-operatórias até o desfecho de terapias medicamentosas. O objetivo é transformar os dados em um novo ativo e liderar o caminho da integração da medicina baseada em evidências e do aprendizado de máquina na Itália para melhorar os serviços de saúde.

Agradecimentos

A AlmavivA e a Asst Vimercate recebem o Prêmio Digital Innovation in Health 2020, promovido pelo Observatório de Inovação Digital em Saúde do Politecnico di Milano, na categoria "Gestão de processos clínicos e hospitalares"

Leia mais na Sala de Imprensa da AlmavivA

23-09-2020

Inteligência Artificial a serviço da saúde

AlmavivA e Asst Vimercate conquistam o Prêmio de Inovação Digital em Saúde 2020

Ler

Entre em contato com a equipe de Saúde Digital