Tavola disegno 1 copia

Aprofundamentos

Aprofundamentos

Simplicidade dos sistemas, centralidade do cidadão

O novo modelo estratégico da Administração Pública tem por objetivo a simplificação e a inclusão. As Administrações Publicas dialogarão entre si, permitindo às pessoas uma abordagem imediata e linear. Conectar todo o Sistema digital público, tornando os portais interoperáveis, é o desafio do lote 3 SPC Cloud, que a AlmavivA adjudicou-se como chefe-de-fila do RTI formado pela Almawave, Indra e Pwc. A proposta é uma única plataforma habilitante para simplificar a integração das administrações centrais e locais e uniformizar todas as ferramentas para o cidadão, conforme critérios de segurança e simplicidade de uso.

A Administração Pública “ao alcance de smartphone”

O desenvolvimento digital é um fator poderoso de participação e empoderamento de pessoas e comunidades. O crescimento digital prevê uma estrutura de Governo Aberto (“Open Government”) feito de ferramentas para a transparência e a accountability, como os Open Data, ambientes para que os cidadãos possam participar das escolhas e oportunidades de colaboração entre os atores públicos e privados. Do ponto de vista operacional, colocar o cidadão no centro, significa tornar toda a Administração Pública “ao alcance de smartphone” através de aplicativos e dispositivos móveis.”

A AlmavivA pelo desenvolvimento do patrimônio informativo do Estado

Seja qual for o tema - contabilidade e fiscalidade, bens culturais, defesa, saúde, agricultura ou previdência -, a AlmavivA vem colaborando desde sempre para o desenvolvimento do patrimônio informativo do Estado, apoiando as administrações em seu processo de crescimento digital.

Organismos de previdência social

Seja qual for o tema - contabilidade e fiscalidade, bens culturais, defesa, saúde, agricultura ou previdência -, a AlmavivA vem colaborando desde sempre para o desenvolvimento do patrimônio informativo do Estado, apoiando as administrações em seu processo de crescimento digital.

Há anos, a AlmavivA vem apoiando os Organismos de previdência social em seu empenho constante para melhorar a organização dos serviços ao cidadão e ao empregado. Fortaleceu seu papel de parceiro de referência do INPS nos processos de fusão e racionalização dos Organismos de previdência e assistência que se reuniram no INPS, e também atuou na realização e gestão dos serviços aplicativos “core” do setor (aposentadoria, receitas, seguros, subsídios de apoio à renda) e na área de apoio (inteligência de negócios e processos transversais).
Todo ano, as atividades realizadas garantem o pagamento de aproximadamente 2.700.000 aposentadorias e a gestão de 3.200.000 seguros de funcionários públicos.
A AlmavivA trabalha também com o pagamento do serviço de Application LifeCycle Management INPS, que apoia, segundo a perspectiva DevOps, o governo e a operatividade do processo de desenvolvimento e manutenção do software, contribuindo a garantir a fiabilidade e a qualidade dos serviços telemáticos oferecidos aos usuários.

Finança Pública

No âmbito específico da Finança Pública, a AlmavivA trabalha em estreito contato com o Ministério da Economia e das Finanças e o Tribunal de Contas, no desenvolvimento dos principais sistemas de finança e contabilidade pública do país, e na evolução e gestão dos sistemas do Balanço, da Conta Patrimonial, da contabilidade econômica das administrações públicas, da Direção do Tesouro e da Finança Estatal e Local, para o Tribunal de Contas.
Em tal contexto, a Almaviva sempre coadjuvou a administração na identificação dos instrumentos aptos a atuar alterações nos sistemas, dentro dos prazos previstos pelas novas normas, fornecendo apoio tanto funcional como técnico.

Em particular, para o Ministério da Economia e das Finanças, a AlmavivA realizou o sistema centralizado relativo ao pagamento das retribuições para o pessoal das administrações públicas (NoiPA), que emite, todos os anos, cerca de 21.000.000 de contracheques dos ordenados dos funcionários públicos.

Universidade e Pesquisa

O Ministério da Universidade e da Pesquisa confiou à AlmavivA a gestão da infraestrutura tecnológica do sistema informativo da Educação, o que confirma a experiência da empresa nesse campo: a solução se baseia em uma arquitetura “Private Cloud”, na qual uma única Server Farm “global” permite que, através de um oportuno portal de auto-aprovisionamento, os usuário possam estruturar e gerir os ambientes conforme as exigências correntes.

Agricultura e Ambiente

AlmavivA orienta a informação do setor agrícola nacional desde seus primórdios, oferecendo ao longo dos anos serviços cada vez mais atentos à monitorização e controle das empresas agrícolas.

Monitorização contínua do território nacional, integração da cartografia cadastral com imagens aéreas e de satélite de alta resolução, mapeamento do uso do solo com controles no campo e teledetecção. Também na agricultura o conhecimento é o elemento fundamental para garantir serviços de qualidade para as empresas e para os consumidores.

Em 2018, graças a AlmavivA, a Itália alcançou o objetivo estabelecido pela norma comunitária, que prevê a apresentação de 100% dos pedidos PAC 2018 em formato gráfico. Graças também à APP AGEA, projetada no âmbito do Plano de Agricultura 2.0, os agricultores conseguem consultar dados e comunicações relativos a própria empresa. Para além disso, a desmaterialização dos processos administrativos no setor vitivinícola permitiu a eliminação de cerca de 65 mil registros em papel, simplificando assim a vida de milhares de empresas e produtores. Também no setor do vinho, AlmavivA apresentou o projeto Enology para o uso da tecnologia Blockchain com dados do SIAN, para a tutela da origem italiana do produto e para permitir um acesso às informações de forma livre e distribuída.

AlmavivA cuida igualmente do gerenciamento e desenvolvimento de serviços para o Comando dos Carabineiros - Unidade de tutela florestal, ambiental e agroalimentar, como o envio de avisos de incêndios para a Central Operativa Nacional, o recenseamento das áreas afetadas pelo fogo, o serviço Meteomont para risco de avalanches e o periódico levantamento nacional dos bosques.

Na qualidade de parceiro técnico do SIN, a AlmavivA aperfeiçoou o desenvolvimento do SINFI, Sistema de Informação Nacional Federado das Infraestruturas, o registro nacional federado das infraestruturas do subsolo e do solo superficial presentes no território italiano.

Está atualmente em fase de realização, com Almawave, Indra e Pwc, o Sistema de Informação para o Gerenciamento e a Monitorização das informações e procedimentos ambientais para o Ministério do Ambiente e da Tutela do Território e do Mar.

Saúde

A AlmavivA gerencia, em terceirização (outsourcing), a infraestrutura tecnológica do Ministério italiano da Saúde, garantindo disponibilidade de aplicativos, sistemas e redes, com serviços de hospedagem de sites (hosting) para os ambientes centrais, departamentais, periféricos, de gestão do ambiente distribuído, e de correio eletrônico e Help Desk.

A AlmavivA tem a gestão, em terceirização, da infraestrutura tecnológica da AIFA, garantindo serviços de desenvolvimento, manutenção e assistência do Sistema Informativo. Com o Portal PagoPA torna possível o pagamento, da Itália e do exterior, das tarifas AIFA online, o monitoramento e o controle do cumprimento dos prazos.

A AlmavivA desenvolve e administra, em terceirização, o SIT, que permite a rastreabilidade e a transparência de todo o processo de doação-retirada-transplante na Itália. Também o Ministério turco da Saúde escolheu a inovação AlmavivA, adjudicando-se a licitação europeia financiada pela Europe Aid para os países em pré-adesão, para a atividade de coordenação e consultoria, em âmbito de transplantes e doação de órgãos.

A AlmavivA é encarregada pelo desenvolvimento e a gestão, em terceirização total, do SISTRA, que reúne e elabora as informações relativas à coleta e à utilização de sangue e seus componentes, avalia a qualidade dos processos e produtos ligados aos serviços de transfusão e simplifica as atividades de hemovigilância, de programação das necessidades e gestão das situações de excedentes e falta de hemocomponentes, em nível nacional.

A AlmavivA realizou a infraestrutura tecnológica, implementando os serviços aplicativos para o Sistema Sociosanitário regional, fornecendo apoio para a análise dos processos de integração entre os Sistemas Informativos das Aziende Sanitarie (empresas de saúde) e o SISS.

Entre os inúmeros projetos realizados, a AlmavivA colaborou com o Ministério das Relações Exteriores, o Ministério do Interior, a Imprensa Nacional e a Casa da Moeda, na realização do Passaporte Eletrônico, do Documento Eletrônico de Identidade de Estrangeiro e da Carteira de Identidade Eletrônica.

Além disso, a AlmavivA realizou para o Ministério do Trabalho e das Políticas Sociais o Portal da Vigilância (WIN – Work Intelligence Network) que torna disponíveis serviços informativos tanto para os cidadãos como para os encarregados da Vigilância Inspectiva. Ao referido Portal, que atua como cooperação aplicativa, têm acesso não só os inspetores do Ministério do Trabalho, mas também outras entidades interessadas, de modo particular o INPS e o INAIL (Instituto Nacional de Seguros contra os Acidentes de Trabalho), assim como o Núcleo de Tutela do Trabalho, da Arma dos Carabineiros, e as demais administrações que possuem a tarefa de vigilância do trabalho.